Urubici / Bom Retiro

Municípios querem construir mirante na Serra do Panelão

Todos os anos, a Serra do Panelão recebe grande número de turistas, que não têm um local apropriado para contemplar os paredões de pedras e as formações rochosas. A fim de oferecer essa estrutura, Urubici e Bom Retiro pretendem construir um mirante na divisa entre os dois municípios. Para concretizar o projeto, pleiteiam a doação de uma área pertencente ao Governo do Estado. Esse tema foi discutido em reunião entre o deputado estadual Marcius Machado e o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Leodegar Tiscoski, na semana passada.

A reunião foi acompanhada pelo secretário de Turismo de Bom Retiro, Jeferson Nunes, e pelo secretário adjunto do município, José Luiz Leite Junior. Eles apresentaram um projeto para a construção de um mirante, com o objetivo de fomentar o turismo.

Atualmente, o local, às margens da rodovia, pertence ao Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) e, para que a construção do mirante seja viabilizada, é preciso que o Estado faça a doação do espaço ao município.

"Este mirante vai trazer um desenvolvimento muito grande, haja vista que é uma área extraordinária e que sempre neva por lá na época de frio. O secretário sinalizou que fará os encaminhamentos necessários, pois esta é uma ação importante pra dar uma finalidade à esta área, que é pública, criando uma função social e contribuindo pro desenvolvimento da região", avalia Marcius Machado.

Ligação entre Palmeira e Correia Pinto

A segunda reunião na Secretaria de Infraestrutura foi com a comitiva do município de Palmeira, formada pela prefeita Fernanda Córdova, o vice Sandro Masselai, o secretário municipal da Administração, Alisson Magalhães, e o presidente da Câmara de Vereadores, Alcione Pereira da Cruz.

Ao lado do deputado Marcius Machado, a equipe apresentou o projeto para estadualização da rodovia que liga Palmeira a Correia Pinto (a futura SC-284) e posterior pavimentação da mesma. Para pavimentação, existe um projeto que foi apresentado pela Klabin há alguns anos, porém, está em fase de atualização.

"O secretário comentou que haverá uma reestruturação da malha viária de Santa Catarina e que rodovias municipais vão ser incorporadas pelo Estado. Lutamos para que a rodovia entre Palmeira e Correia Pinto entre nessa reestruturação. O secretário garantiu que fará os procedimentos necessários pra que possa atender essa reivindicação, que é muito importante e vai trazer um desenvolvimento gigantesco para a região", completa o deputado.

Atualmente, para ir de Palmeira a Correia Pinto, pelo asfalto, é necessário passar por Lages, o que deixa o trajeto total com cerca de 62 km, percorridos em cerca de 50 minutos. Se o motorista sair de Otacílio Costa são 72 km e uma hora, em média, de trânsito. Com a pavimentação da SC-284 essa distância cairia para 26,8 km, com o tempo de percurso reduzido a cerca de 30 minutos, proporcionando economia de tempo e combustível.

Foto: Serra do Panelão

Crédito: quetalviajar.com

Legenda: 


folhadaserra sim

Menu

Contatos

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina