CPI da Covid pede que governo de SC compartilhe notas fiscais dos gastos durante a pandemia

Murici Balbinot/RCN
Foto: Murici Balbinot/Arquivo/RCN

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que atua no Senado Federal para apurar irregularidades no combate à pandemia solicitou ao governo de Santa Catarina informações sobre os gastos do Executivo que utilizaram verbas federais. A CPI investiga o governo federal, mas também analisa os gastos dos recursos da União por estados e municípios.

Os requerimentos de informação enviados para Santa Catarina - e que foram enviados para outros estados também - pedem que o Executivo compartilhe notas de empenho, ordens bancárias, e notas fiscais. Além disso, a Comissão pede cópia de todos os processos administrativos voltados às despesas e extratos bancários com os devidos créditos e débitos.

Outro pedido se refere aos protocolos de medicamentos, com solicitação de quais medicamentos foram adquiridos, as datas em que houve a compra, a quantidade, notas fiscais e eficácia de cada remédio.

Os pedidos são assinados pelos senadores Ciro Nogueira (Progressistas/PI) e Marcos Rogério (DEM/RO), considerados aliados do Palácio do Planalto. Os governistas têm atuado para dar mais espaço às polêmicas de governadores e prefeitos, em detrimento das polêmicas do governo Jair Bolsonaro.

A CPI, por sua figura jurídica, atua com força de polícia. O Estado tem 15 dias para responder. Os requerimentos foram enviados ainda para municípios acima de 200 mil habitantes. 


folhadaserra sim

Menu

Contatos

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina