Ação Solidária

'Lages, juntos pela vida' faz entrega de cestas básicas para instituição Casa Amarela

Marcela Ramos/ Comunicação CDL Lages
Foto: Tenente Pamela Marin/ Comunicação 1º Batalhão Ferroviário
Asilo Lar Menino Deus

Conforme o dicionário, solidariedade é se identificar com o sofrimento do outro e, principalmente, se dispor a ajudar a solucionar ou amenizar o problema. Embasada nesse sentimento de solidariedade que a campanha: Lages, juntos pela vida, realizou nesta quarta-feira (5), a segunda entrega de cestas básicas.

Representando todas as entidades e instituições apoiadoras da campanha, a entrega foi realizada pelo 1º Batalhão Ferroviário e Corpo de Bombeiros Militar- CBMSC. Todas as cestas básicas foram deixadas na Casa Amarela, instituição sem fins lucrativos, localizada no bairro São Sebastião, em Lages.

A Casa Amarela foi criada há sete anos, por voluntários que ajudam a transformar a vida de quem mais precisa. O local atende 380 famílias cadastradas, que residem em cinco bairros do município: São Sebastião, Gethal, Dom Daniel, Cristal e Guarujá.

Para o diretor da instituição, Claudionei Peixer, um ato de amor, que beneficiará muitas famílias durante a pandemia. "Nós recebemos muitos pedidos de ajuda em decorrência da pandemia de Covid-19, estávamos com dificuldade de atender todos, e com a doação vamos distribuir as cestas básicas, para famílias em situação de vulnerabilidade, cadastradas na Casa Amarela", ressalta.


Primeira entrega

Foi por meio de um ofício que o Asilo Lar Menino Deus, localizado no bairro Petrópolis, solicitou a doação de alimentos. Sendo a primeira entrega realizada pela campanha, o pedido foi atendido na quarta-feira (28), pelos militares do 1º Batalhão Ferroviário, representantes da Câmara de Vereadores, Procuradoria Especial da Mulher e Rotary Clube Alvorada de Lages, ambos parceiros da ação. A entidade beneficiada conta atualmente com 28 mulheres e 24 homens, totalizando 52 idosos.

De acordo com a coordenadora do asilo, Ione Terezinha da Silva, a doação chegou em boa hora. "É com muita gratidão que recebemos os alimentos, pois com a pandemia de Covid-19, as doações que recebemos na casa, reduziram bastante", ressalta.


Sobre a campanha

A campanha Lages, Juntos Pela Vida, iniciou no dia 7 de abril de 2021, e somou forças com mais de 50 apoiadores, e a cada dia a proporção aumenta, com um único objetivo: arrecadar alimento, máscara, álcool em gel, materiais de limpeza e higiene, para ajudar aqueles que estão em situação de necessidade. Em um mês de campanha foram arrecadadas cerca de seis toneladas de cestas básicas, já foram arrecadadas com a ação.

Segundo o Presidente do Rotary Clube Alvorada e Executivo da Campanha, Nicolau Francisco Koerich Filho, a logística foi organizada da seguinte forma: semanalmente a Polícia Militar e a Polícia Civil, passam nos locais que se prontificaram em ser pontos de arrecadação, fazem a coleta das doações e encaminham até o 1º Batalhão Ferroviário, que faz a triagem de todos os itens recebidos.

"Diversas entidades estão trabalhando para que a campanha dê certo, e está dando, o Batalhão é um grande apoiador e colaborador no processo. A intenção é atender a todos sem restrições, pessoas em situação de miséria, entidades sem fins lucrativos, aqueles que perderam o emprego e hoje enfrentam dificuldade para comprar o alimento, todos merecem ser vistos, por isso fizemos uma logística para realizar a segunda entrega e as seguintes", comenta Nicolau.

A ideia é atender os 73 bairros de Lages no período de três a cinco meses de campanha, mas para fazer essa logística foi escolhido pontos centralizados em oito bairros principais que abrangem as proximidades.

"O Exército de Lages além de fazer a triagem, também levará as doações até os pontos de distribuição. As pastorais e casa amarela vão receber essas doações para serem distribuídas à população por meio de um controle cadastral. A ideia é que em cada semana será um bairro diferente, mas todos serão vistos e atendidos", explica a vereadora e representante da Procuradoria especial da mulher, Katsumi Yamaguchi.

Conforme o Núcleo de Estudos de Economia Catarinense (Necat) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), cerca de 196 mil pessoas estão desempregadas no estado de Santa Catarina, sem carteira assinada e algumas ainda sem acesso ao auxílio emergencial, famílias têm solicitado cada vez mais ajuda. "A situação não está favorável para ninguém, a pandemia é desigual no mundo todo, e aqui em Lages não é diferente. Vi pessoas que tinham uma vida estável e situação de desemprego, agora não tem dinheiro nem para comprar o básico que é o arroz e o feijão. Por isso não haverá seletividade, a fome não é um padrão a se julgar, que a solidariedade vire rotina", conclui Nicolau.


O que doar

Alimentos não perecíveis; máscara e álcool em gel; materiais de limpeza e produtos de higiene pessoal.


Onde deixar a doação

Você pode conferir os pontos de arrecação pelo site https://lagesjuntospelavida.com.br/,


Outras formas de doação

Você pode fazer um PIX, pela chave: rotaryclubealvorada@gmail.com

ou pela conta: Rotary Club de Lages Alvorada/ Credicomin/ Banco 085/ Agência 0110 / Conta 2825-8


folhadaserra sim

Menu

Contatos

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina