Lideranças afirmam que PSD-SC terá candidato a governador em 2022

Claudio Thomas

Em almoço, na terça-feira (6), o deputado estadual Milton Hobus, presidente do PSD-SC, o ex-governador Raimundo Colombo e o ex-prefeito de Blumenau Napoleão Bernardes mostraram que estão em sintonia. Eles definiram metas para o trabalho da sigla em Santa Catarina e reforçaram que o partido terá candidato ao Governo do Estado em 2022. 

As lideranças, porém, adiantaram que a ideia agora é debater um projeto para Santa Catarina, pensando na eficiência, na desburocratização da máquina pública e na competitividade da economia catarinense.

 "Vamos escolher o candidato junto com o nosso time, no início do próximo ano. Neste momento, não estamos preocupados em adiantar nomes. Também não estamos preocupados com alianças políticas. A população não quer mais esse jogo de toma lá, da cá", destacou Hobus.

A opinião do parlamentar foi corroborada por Colombo, que acrescentou a importância do debate de propostas fundamentais para o desenvolvimento de SC.

"As ideias abrem as estradas e os nomes vão liderar a caminhada", destacou o ex-governador ao se referir que é hora de mostrar aos catarinenses a importância de bons projetos para a gestão pública.

Napoleão acrescentou que a sociedade não aceita mais esse jogo de poder em que o principal objetivo é fazer alianças políticas: "Como o nosso presidente sempre diz, vamos discutir princípios e valores da gestão pública, qualificando nosso time em todas as cidades."

Ainda sobre candidato a governador em 2022, Hobus afirma que o PSD tem um excelente time, de grandes prefeitos, e a experiência do ex-governador Raimundo Colombo, que fez o Estado "atravessar de pé" a maior crise econômica do país. Hoje, a sigla tem 41 prefeitos, 35 vices e 365 vereadores.


folhadaserra sim

Menu

Contatos

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina