Colégio do Rosário, importância histórica e atual

Mauro Maciel
Foto: Nilton Wolff
Atualmente, colégio atende alunos de vários bairros da cidade

O Colégio Nossa Senhora do Rosário é um dos mais importantes de Lages e o único no Coral, já que o Rubens de Arruda Ramos pertence ao Conta Dinheiro. São 890 alunos de diferentes bairros da cidade. "O colégio foi fundamental para o desenvolvimento do bairro e continua muito relevante para a educação de Lages," avalia a diretora-geral do Rosário, Marylin Kristi Pereira.

Marylin pesquisou nos documentos históricos para informar sobre a origem da primeira escola do bairro. Registros apontam que teria existido, por volta de 1946, uma escola municipal nas proximidades da Capela dedicada a Nossa Senhora do Rosário. A escola funcionava em um galpão erguido ao lado da capela. Inicialmente, esse galpão foi construído para guardar materiais. Era uma construção simples e media 5x8 metros, ou 40 metros quadrados de área construída.

Essa escola funcionou por, aproximadamente, 10 anos, autorizada pelo prefeito Vidal Ramos Júnior. A Capela era administrada pelos padres franciscanos.

Devido à insistência do bispo Diocesano Dom Daniel Hostin, os padres redentoristas fundaram a casa em Lages e assumiram a paróquia Nossa Senhora do Rosário. Assim, no dia 19 de abril de 1953 foi realizada uma reunião, onde entre as diversas decisões tomadas estava a de comprar um terreno ao lado da igreja para colocar um colégio de freiras.

O padre Luiz Inácio Hertel já antecipara contatos com duas congregações religiosas, para ver da possibilidade de assumirem o colégio. Mas documentos apontam que a ideia partiu do padre Carlos Fridolino Schleinkofer.

Em 19 de setembro de 1953, a comissão decidiu demolir o barracão e levantar o prédio para a escola paroquial. A população contribuiu doando madeira e telhas.

Em 3 de janeiro de 1954, durante a missa, foi anunciado que o padre Francisco Köner e as Irmãs da Congregação Missionária do Reino de Maria assumiriam a escola. O padre e as irmãs foram recebidos com festa, porque representavam a solução para o problema da escola e da educação das crianças.

Para a alegria dos interessados em construir a escola, no dia 28 de fevereiro de 1954 foi anunciado que a escola seria realidade e ofereceria os quatro anos primários. Em 15 de março do mesmo ano se iniciam as aulas.

Com o tempo, o bairro cresceu e para acomodar os alunos, surgiu a necessidade de comprar um novo terreno onde seria construída a escola para substituir a existente ao lado da igreja. Depois de muitas controvérsias, a compra foi feita. Finalmente, em 2 de fevereiro de 1958 houve a festa de inauguração da nova Escola Paroquial, prédio localizado ao lado de onde se encontra a escola atual, na Rua Carmosino Camargo, 196. Como escola particular serviu à comunidade até 1974, quando foi vendida ao Governo do Estado passando a ser escola básica e em 1981 foi transformada em colégio.

Foto: Colégio Rosário 2

Legenda: Atualmente, colégio atende alunos de vários bairros da cidade

Foto: Primeira escola

Legenda: Imagem mostra primeira escola implantada pela igreja



folhadaserra sim

Menu

Contatos

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina