Serra Catarinense

Governador autoriza contrapartida para aquisição de usina de asfalto

Passo importante para implantação da usina de asfalto, com gestão compartilhada entre os municípios da Serra Catarinense, foi dado segunda-feira (15), em Florianópolis. O governador Carlos Moisés da Silva autorizou o processo de liberação de R$ 1,2 milhão para complementar os recursos, para aquisição da usina que permitirá aos municípios executar asfaltamento com custo reduzido de até 40%.

O presidente do Consórcio Intermunicipal Serra Catarinense - Cisama, prefeito de Cerro Negro, Ademilson Conrado entregou o pedido de contrapartida ao governador. A agenda foi construída pela deputada estadual Ana Paula da Silva, a Paulinha, que acompanhou a reunião.

Participaram também do ato, o secretário executivo da Amures Walter Manfroi, o diretor executivo do Cisama Selênio Sartori e o secretário adjunto da Casa Civil, Juliano Chiodelli. "A implantação da usina de asfalto em cooperação com as prefeituras, objetiva o desenvolvimento de programas e projetos voltados aos interesses da região", justificou ao governador, o presidente do Cisama.

O ofício entregue ao governador aponta que, através do Cisama se buscou junto ao Ministério da Integração Nacional, recursos da ordem de R$ 2.475.000,00, viabilizados por indicação do senador Dário Berger, com contrapartida dos municípios consorciados de R$ 1.237.500,00, para implantação de uma usina de asfalto.

A deputada federal Carmen Zanotto vem acompanhando com os prefeitos o convênio n° 881834/2018, que empenhou os recursos federais para aquisição da usina. A licitação da unidade de processamento asfáltico foi realizada pelo Cisama, ano passado e falta apenas a liberação da contrapartida para a definitiva aquisição da estrutura.

Além do sinal verde do governador com os recursos da contrapartida, poderá ser firmada parceria no Programa Recuperar, através do Cisama.

Fonte: amures.org.br


Estrutura pode ser implantada em Painel

Estudos preliminares apontam a possibilidade de implantar a usina no município de Painel, que possui uma cascalheira licenciada às margens da rodovia SC-114. Mas o local ainda será definido. Para funcionar, a usina precisa de máquinas para a extração de minério, um britador, misturadores e equipamentos de transporte.

Pelo conceito, uma usina de asfalto é um conjunto de equipamentos mecânicos e eletrônicos interconectados de forma a produzir misturas asfálticas. Variam em capacidade de produção e princípios de proporcionamento dos componentes, podendo ser estacionárias ou móveis.


Benefícios

Como a usina de asfalto pertencerá aos municípios, a implantação de asfalto será bem mais barata em relação aos preços de mercado. Em alguns casos, compensará para os prefeitos implantar asfalto que apenas patrolar e cascalhar ruas.

Por mais que, inicialmente o processo de asfaltar seja mais caro, sua durabilidade em relação ao cascalho compensa a médio e longo prazo.

Foto: Usina de asfalto 1 ou 2

Crédito: Divulgação

Legenda: Representantes da Amures estiveram com o governador, em Florianópolis, para celebrar o convênio

Foto: Usina de asfalto

Crédito: Divulgação



16133910719710.jpeg
folhadaserra sim

Menu

Contatos

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina